19 de jul de 2011

Soneto do amigo

Enfim, depois de tanto erro passado
Tantas retaliações, tanto perigo
Eis que ressurge noutro o velho amigo
Nunca perdido, sempre reencontrado.

É bom sentá-lo novamente ao lado
Com olhos que contêm o olhar antigo
Sempre comigo um pouco atribulado
E como sempre singular comigo.

Um bicho igual a mim, simples e humano
Sabendo se mover e comover
E a disfarçar com o meu próprio engano.

O amigo: um ser que a vida não explica
Que só se vai ao ver outro nascer
E o espelho de minha alma multiplica...
 
Vinícius de Moraes 

11 de jul de 2011

Sorria

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

Fernando Pessoa

23 de mai de 2011

Tudo que acontece na vida serve de aprendizado.

Apenas fique em silêncio e me observe. As palavras causam desentendimento.

6 de mai de 2011

15 de abr de 2011

Pensamentos 
Pensamentos 
e mais pensamentos.
Minha cabeça lotada de perguntas sem
respostas

Rodeada de pessoas, e sozinha ao mesmo tempo

7 de abr de 2011

Quem é vivo sempre aparece!!!!!!!!!!!

Depois de dias sem postar nada resolvi "dar as caras".

3 de mar de 2011


"Eu gosto de viver. Já me senti ferozmente, desesperadamente, agudamente infeliz, dilacerada pelo sofrimento, mas através de tudo ainda sei, com absoluta certeza, que estar viva é sensacional." (Agatha Christie)

1 de mar de 2011

Lágrimas são preciosas...

Nessa terra de gigantes
Que trocam vidas por diamantes
A juventude é uma banda
Numa propaganda de refrigerantes

 (Engenheiros)

4 de fev de 2011

Linda


Peguei na net
Nem sempre somos compreendidos, nem sempre sabemos compreender.

Nem sempre somos confiados, nem sempre temos confiança.

26 de jan de 2011

Fazemos nossas escolhas, seguimos nossos caminhos.
Não podemos culpar ninguém pelos nossos atos.